Freira francesa de 118 anos era a pessoa mais velha do mundo

A triste notícia da morte da freira francesa Lucile Randon, a pessoa mais velha do mundo, aos 118 anos, foi anunciada recentemente. Irmã André, que recebeu seus votos sagrados em 1944, faleceu em sua casa de repouso em Toulon. Lucile Randon foi lembrada por muitos como uma mulher de força e espírito. Ela serviu como um exemplo de longevidade e esperança para aqueles que a conheceram.

Lucile faleceu 25 dias antes de completar 119, quase chegando a idade da pessoa mais longeva que se tem registro no mundo. A japonesa Kane Tanaka, que morreu no ano passado com 119 anos e carregava o título de pessoa mais velha viva antes de Lucile.

Quem é nova pessoa mais velha viva no mundo agora?

Com a morte de Lucile, a pessoa detentora do título de mais velha viva do mundo agora tem 115 anos e se chama María Branyas, uma senhora que vive na Espanha.

A vida de María Branyas, a pessoa mais velha do mundo em 2023:

Nascida no México em Março de 1907, ela se mudou para São Francisco com seu pai, um jornalista espanhol, dois anos após este evento. Durante a Primeira Guerra Mundial, Lucile chegou à província catalã de Girona, e teve três filhos, 11 netos e 13 bisnetos.

O mais velho tem 60 anos hoje. Incrivelmente, ela viveu por duas décadas em uma casa de repouso na cidade de Olot. Em maio de 2020, quando ainda não havia vacinas para o coronavírus, ela teve Covid-19 aos 113 anos de idade, mas felizmente se recuperou. Na época Lucile ainda chegou a ser citada em algumas notícias pelos jornais do mundo.


Descubra mais sobre Portal PLOP

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Compartilhe o artigo!
Shareable URL
Post anterior

Criança perde a vida após fazer “Desafio do Apagão” no TikTok; entenda

Next Post

Priscilla Pugliese está imersa nas filmagens da segunda temporada de “Stupid Wife”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o próximo

Descubra mais sobre Portal PLOP

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading