Elenco do curta-metragem “O Seguidor” comenta sobre evento de exibição do projeto

Créditos: @mos_toyota

Com lotação máxima alcançada, a equipe de produção e o elenco do curta metragem “O Seguidor” subiram ao palco do Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, para um bate papo especial com o público que foi conferir a primeira exibição do projeto, que aconteceu no último dia 24 de Junho.

Dirigido por Pedro Kalli e Renata Moraes, e com protagonismo dos atores Kelita Carvalho,  Amanda Azevedo (Luiza em “De Volta Aos 15” – NETFLIX), e Lucas Napoleão, “O Seguidor” conta a história da influenciadora digital Sara, interpretada por Kelita, que enfrenta uma batalha interna silenciosa. Apesar de sua carreira de sucesso, ela se vê dominada por uma profunda depressão por um motivo misterioso que aparece apenas quando está diante das câmeras. O curta-metragem traz uma abordagem sensível e impactante sobre os desafios emocionais enfrentados pelos influenciadores digitais e como as redes sociais podem afetar suas vidas.

“Ter o privilégio de uma pré-estreia no MIS foi incrível” afirma Kelita

A exibição exclusiva no MIS foi uma oportunidade única para os espectadores se envolverem com a história do projeto, que terá lançamento apenas em outubro deste ano. Equipe de produção, técnica, elenco, amigos e convidados marcaram presença na tarde especial e puderam contar um pouco mais sobre como foi a experiência de gravar o projeto. 

“O evento foi um sucesso! Ter o privilégio de uma pré-estreia no MIS foi incrível. Recebemos muitas pessoas, pudemos observar suas reações e receber suas reflexões sobre nosso filme. Realmente, acalentou o coração e trouxe mais energia para nosso time, foi uma injeção de inspiração para seguirmos contando nossa história e arte com dedicação e foco! Amei”, afirma Kelita, protagonista do curta. 

Público e elenco ficaram vidrados em evento de estreia de “O Seguidor”

Essa foi a primeira vez que o elenco e parte da equipe assistiu o resultado final do trabalho. “Estou ‘aterrorizantemente’ satisfeito com o projeto final (risos)”, brincou Lucas Napoleão, que dá vida à sombra na trama. “Ficaram tão lindas as cenas. As transições, a trilha, o medo que foi gerado no público… Me senti tão empolgado e contagiado pela energia que foi como se estivesse vendo pela primeira vez com a equipe”, afirma o artista.

Um dos diretores do projeto, Pedro Kalli, também completa: “Conseguimos ver a reação de todos. E uma das coisas mais legais foi ver o público SUPER fixado na tela. Foi muito legal, ter o feedback de todos, seja coisas que podemos ajustar, ou coisas que eles curtiram. Sempre é bom ouvir as pessoas que não tiveram contato algum com o projeto”.

Para Kelita, ver um filme se concretizar, ser distribuído e exibido ao público é de um êxtase sem igual. “Conhecer o processo do começo até a exibição é uma aventura, e depois poder contar nossa história e observar os olhares de cada espectador é uma honra. O cinema traz essa magia e fazer parte disso é acalentador”, pondera a atriz.

A atriz Amanda Azevedo, que acaba de estrear na Netflix a segunda temporada da série de sucesso “Depois dos 15”, conta ter sido um evento especial e expressa felicidade com o trabalho. “A pré-estreia foi bem movimentada (risos). É uma sensação muito especial esse momento de exibir para o público pela primeira vez e ainda numa sala de cinema lotada. Fazemos o curta para jogar no mundo e esse momento chegou. Dá um frio na barriga e um orgulho de ver o projeto pronto”, diz a atriz.

Amanda Azevedo no evento de exibição | Créditos: @mos_toyota 

Ingressos esgotados

O evento de pré-estreia superou as expectativas de toda a equipe, que precisou lidar com a lotação máxima da sala de cinema. “Realmente foi um ‘tumulto’ bom (risos)”, declara Pedro. “Não esperávamos MESMO! Como eu disse, já fizemos outras exibições em cinemas, mas nunca tivemos esse retorno de público. Eu particularmente fiquei muito feliz, tiveram pessoas que ficaram para fora, pois não podia mais entrar. Eu fiquei desesperado, mas foi um desespero bom. Para nós, foi um sonho realizado, desejamos muito que isso rolasse. Lotar uma sala de 180 lugares para assistir um curta brasileiro de terror independente, é quase impossível.Depois que vimos aquelas fotos, aquele tanto de gente, quase que ainda não caiu a ficha, passou tudo tão rápido que não nos ligamos”, ele completa.

“Foi muito impressionante o número de pessoas que marcou presença no MIS, não esperava. Muita gente ainda ficou pra fora. Estou muito feliz de ver o filme ganhando seu espaço nos festivais e salas de cinema. Lembro de quando gravamos, um dia de março em um apartamento em Alphaville, uma equipe talentosa e com muita vontade de realizar, e sem saber depois que surpresas apareceriam no caminho. E elas vem sendo maravilhosas”, finaliza Amanda. 

Ainda não há novidades sobre próximas exibições, mas durante o evento, o diretor deixou em aberta a possibilidade. E para quem ficou ansioso para conferir o curta completo, ele estará disponível em outubro, no canal da Linha Produções, no Youtube. Em breve mais informações.

Créditos de imagem: @mos_toyota , Foto: Reprodução/Instagram.

Compartilhe o artigo!
Shareable URL
Post anterior

Doja Cat fica pistola com pessoas roubando cartazes de “Attention”

Next Post

Felipe Prior recebe pena de 6 anos por crime de estupro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o próximo