Após marcar presença no Bilbao Seriesland, criadores de “Medea” comemoram novos prêmios internacionais  

Os criadores Mariana Lewis e Quentin Lewis, responsáveis pelo Canal Demais, marcaram presença na última semana no Bilbao Seriesland e comemoraram no dia 13, uma nova conquista da série em outro festival internacional, o NZ Webfest, na Nova Zelândia.

Somando prêmios e indicações pelo mundo, a jovem atriz Mariana Lewis esteve entre as indicadas ao festival da Espanha e desembarcou no país para marcar presença e vivenciar a experiência e oportunidades que o evento oferece, ao lado de seu pai Quentin Lewis. “Foi muito especial marcar presença no Bilbao Seriesland. O festival é incrível. Foi uma troca linda com os criadores e espero que a gente possa estar de volta nos próximos anos”, aponta Mariana.

Mariana Lewis no Bilbao Seriesland

Idealizada e produzida pelo Canal Demais, com direção da própria Mariana e direção de fotografia de Quentin Lewis, a série é baseada na tragédia grega ‘Medea de Eurípides’ e conta a história de Medeia, mulher abandonada pelo marido, Jason, e que planeja se vingar dele. Esta versão é filmada no metaverso usando o software 3D gratuito Unreal Engine. A maioria das cenas do projeto foi filmada com um Iphone.

Prêmio no NZ Webfest 

Sucesso pelo mundo! Neste fim de semana, o Canal Demais comemorou uma nova conquista: Mariana Lewis e Max Lewis venceram a categoria “Melhor Edição”, no NZ Webfest, festival que acontece anualmente na Nova Zelândia. 

Melhor Série de Ficção“, “Melhor Edição” e “Melhor Atuação” – representada por Mariana Lewis -, são as categorias em que a trama concorreu neste ano. 

“‘Medea’ é um projeto especial para todos nós. Cada um teve seu papel fundamental neste projeto e esse reconhecimento mostra que estamos no caminho certo. Todos esses festivais são muito importantes pra gente. Estamos muito gratos, não só pelo prêmio de ‘Melhor Edição’, mas como também por todas as indicações que nos levaram a participar desta edição do festival”, afirma Max sobre o prêmio conquistado.

O projeto mostra seu sucesso estando indicado em 10 festivais, sendo eles: New Jersey Web Fest, LA Webfest, Chile Digital Fest, Toronto WebFest, Apulia Web Fest, Baltimore Next Media, NZ Web Fest, Bilbao Seriesland, Rio Webfest e Cusco Webfest. Hoje também ocupa o sétimo lugar na Copa do Mundo das Webséries. 

No ranking da Copa do Mundo das Webséries

Entre grandes projetos, a série “Medea” conquistou o 4º lugar no ranking oficial da Copa do Mundo das Webséries, seleção de 2023. O trabalho está disponível na Amazon Prime Internacional. 

Créditos de imagem: Divulgação – DD Assessoria.

Compartilhe o artigo!
Shareable URL
Post anterior

Com 5 looks por show, Joelma realiza turnê “Isso é Calypso”

Next Post

RAVIH apresenta “Além do Seu Portão” no Teatro Municipal de São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o próximo