Advogada Fayda Belo denuncia crime de racismo em vídeo de influenciadora Kérollen

Fayda Belo denuncia crime de racismo em vídeo de influenciadora Kérollen
Foto – Reprodução – Instagram

A influenciadora Kérollen foi denunciada pela advogada Fayda Belo após a publicação de um vídeo. Onde ela oferece uma banana e um macaco de pelúcia como “presentes” para crianças negras.

Fayda Belo, especialista em Direito Antidiscriminatório, afirmou que o incidente se enquadra na categoria de “racismo recreativo”. Esse ocorre quando há discriminação contra pessoas negras com o objetivo de entretenimento.

Advogada Fayda Belo relembra que expor crianças na internet é crime

“Vocês conseguem dimensionar o nível de monstruosidade que essas duas desinfluenciadoras tiveram ao dar um macaco e uma banana para duas crianças inocentes. E ainda postar nas redes sociais por seus mais de 13 milhões de seguidores 13 milhões no TikTok, 1 milhão no Instagram. Para ridicularizar duas crianças negras para incitar essa discriminação perversa que nos tira o status de pessoa e nos animaliza. Como se fosse piada, mas não é piada não.” Diz Fayda Belo

“O nome disso é racismo recreativo. Usar da discriminação contra pessoas negras com o intuito de diversão, de descontração, de recreação, agora é crime. E você pode receber uma pena de até quase oito anos de cadeia, que é o que eu espero que aconteça. Paralela a isso, é bom lembrar, hein? Com o artigo 17 do Estatuto da Criança e Adolescente, diz que é inviolável a integridade moral do menor, bem como a sua imagem deve ser preservada. Não pode sair por aí usando imagem de criança, não. Embaixo, o 18, diz que é proibido expor menores de idade a constrangimento, a vexame, a humilhação, a ridicularização em público.” Complementou a advogada.

Advogada Fayda Belo pede resposta do Ministério Público do Rio de Janeiro

“E aí o Ministério Público do Rio de Janeiro, eu pergunto, essas duas aí vão responder por esse ato covarde ou não? E quero aproveitar para convocar um grande mutirão. Na descrição desse vídeo, na minha bio, está o link direto que cai no formulário de denúncias do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. Vamos entupir este site com denúncias sobre esse ato covarde.” Diz Advogada Fayda Belo em vídeo para Instagram.

Vídeo original foi apagado da internet, mas segue circulando em outras páginas

Os vídeos que estão circulando nas redes sociais têm como protagonista a influenciadora Kérollen. Conhecida por seu canal onde compartilha conteúdo junto com sua filha, Nancy. Ambas residem no Rio de Janeiro e possuem uma base de seguidores impressionante, com mais de 1 milhão de seguidores no Instagram e 13 milhões no TikTok. Até o momento, não há informações precisas sobre o local exato onde esses vídeos foram registrados.

Em um desses vídeos, Kérollen é vista conversando com um menino negro em uma calçada e o questiona se ele gostaria de receber um presente ou R$ 10. O garoto opta pelo presente, porém, ao perceber que se tratava de uma banana, sua reação foi de descontentamento. Expressando um “só isso?” e deixando o vídeo da influenciadora.

Esses incidentes geraram grande repercussão e despertaram críticas daqueles que consideram a atitude de Kérollen como ofensiva e discriminatória.A situação ainda está em desenvolvimento e levanta discussões sobre a responsabilidade das influenciadoras nas suas publicações e o impacto que suas ações podem ter na sociedade.

Créditos de imagem: Foto – Reprodução – Instagram.

Compartilhe o artigo!
Shareable URL
Post anterior

Susanne Stersi fala sobre clipe de FIGURANTE : “Foi um verdadeiro sonho”

Next Post

Coala Festival traz Marina Lima e Fernanda Abreu em São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o próximo