Notícias, música, entretenimento e muita cultura pop

Alma Music Group encerra 2022 criando Insona e Alma Digital

A Alma Music Group dá dois passos importantes antes de finalizar o grande ano de 2022 para a empresa. A criação dos braços digital e audiovisual para realização de trabalhos internos e externos. Ambos são comandados por Breno Kruse, que carrega o cargo de Diretor Criativo.

A Insona (braço de audiovisual) tem como objetivo unir a dramaturgia de alta qualidade e música pop brasileira em projetos autorais e sob medida. Transformando-os em séries, videoclipes, podcasts e conteúdo digital. 

Breno Kruse é produtor audiovisual e especialista em Marketing de Música. Atuou como criador e produtor do projeto Arena Tidal (2022); criador e diretor dos dez clipes do álbum “Na Mão as Flores”, de Rodrigo Suricato e produtor no DVD “Mormaço”, de Marcelo Camelo. Além disso, como sócio-diretor da agência apis3 play. Realizou lançamentos e produção de vídeos para Warner Music e Universal Music Brasil. 

Com um portfólio que vem crescendo cada vez mais. Já produziu com a Insona alguns dos videoclipes lançados pelo selo musical este ano, como “Só Tem Eu” e “Deus Me Free”, do ZEK, e “Celular”, de Lucas Andrade. Produziu também o projeto audiovisual “Decolagem”, de ZEK, que tem previsão de lançamento em 2023. 

“Esse passo coloca o audiovisual junto com a música no centro da produção artística do casting da gravadora. Poderíamos, inclusive, dizer que estamos dando um passo de ousadia no mercado. Pois estamos internalizando toda essa produção, algo que nenhuma das gravadoras fez ainda”, destaca Breno. 

A Alma Digital, por outro lado, é um braço de marketing digital voltado para os artistas do casting. Onde recebem apoio em lançamentos no digital e também na área de comunicação. “Ganhamos mais um elo para compor o nosso trabalho 360º. Ao levar a expertise de mais de nove anos de experiência em agências ao nosso time. Nós levamos mais inteligência para o mercado e unimos o lado criativo com o lado tático de poder organizar e planejar a estratégia de carreira dos artistas”, diz Breno.

“É um passo muito importante para a Alma Music. Pois trazemos os artistas ainda mais para perto e conseguimos, realmente, fazer o trabalho 360º da carreira artística em nosso escritório. Estou muito orgulhoso e sinto que estamos cada vez mais completos e comprometidos com o nosso propósito”, conta Antonio Eudi, CEO do grupo. 

Os dois braços do grupo prestam serviços externos, mas o processo interno é mais intenso. “O trabalho é mais profundo para os artistas da Alma Music, pois já começamos a pensar desde o zero. Criamos os planejamentos de carreira já considerando repertório, imagem e audiovisual com coerência artística. Todavia não descartamos nenhum artista que esteja fora do casting. Inclusive, já produzimos alguns clipes de fora, incluindo o Lucas Andrade, que não está no casting oficial do selo”, finaliza Breno.

Para 2023, o objetivo do grupo é continuar em expansão e seguir realizando os projetos já iniciados. Como os campings de composição e o Alma Music Fest, que é um evento voltado para apresentações de artistas do selo musical e convidados.

Créditos de imagem: divulgação .


Descubra mais sobre Portal PLOP

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

Compartilhe o artigo!
Post anterior

Dupla Felipe & Thiago fecha 2022 com lançamento do EP “É Só o Começo – Vol. 02”

Next Post

ZEK finaliza 2022 com show em Punta Del Este

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o próximo

Descubra mais sobre Portal PLOP

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading